Tag Archives: offroad

De Cristo a Cristo – Off-road, curvas e paisagens entre Montre Alegre do Sul e Socorro

Durante minhas férias houveram alguns dias que eu simplesmente não conseguia sair cedo de casa para andar de moto – como eu geralmente prefiro. Neste dia em particular, dia 3 de Novembro, não só eu tinha que finalizar algumas pendências em casa como também choveu a manhã toda.

Eu já havia desistido de sair, o tempo não melhorava, mas ao mesmo cada dia de férias em que eu não andava de moto me pesava nos ombros tal como dois dias de trabalho 😉 Resolvi sair com tempo ruim mesmo, garoinha leve.

Nem sabendo para onde ia, saí de Vinhedo por uns dos caminhos que mais faço,  Rod. Edenor João Tasca (SP-063) até a Estrada Velha de Itatiba a Valinhos, e de lá ao invés de ir para Itatiba eu corto por dentro de um bairo de chácaras e sítios, saindo na beira da SP-360 (Rod. das Roseiras) em direção a Morungaba.

De Morungaba segui pela SP-360 até Amparo, e de lá a resolvi seguir para Monte Alegre do Sul (já conhecia a cidade, mas sempre acessava via Serra Negra, através da ótima serrinha dentro do mato da Rod. Enzo Perodini).

Chegando em Monte Alegre do Sul ainda parei na frente da Matriz para entrar numa reunião de trabalho, destas que você precisa entrar mesmo que em féria. Gastei 30 minutinhos por ali.

Da própria pracinha da Matriz era possível ver um Cristo, numa espécie de mirante. Resolvi procurar como subir lá.. Fiquei satisfeito em ver que há uma ruazinha toda pavimentada que contorna o morro e sobe direto no mirante, e de lá pode-se ver a cidade em 360 graus – é simplesmente o ponto mais alto da cidade, e bem no meio dela.

Até então não havia a menor intenção de fazer off-road, mas do alto do mirante eu vi que o tempo estava razoavelmente segurando, resolvi explorar.

Resolvi sair em direção à Socorro, procurando por estradões de terra. Puxei o wikiloc e procurei um caminho. Achei um caminho que no final nem sei se foi o que eu fiz ou não, o que sei é que peguei a Rua da Juventude, que logo virou um estradão de terra, um subidão até que desafiador para big trails, e depois landscapes atrás de landscapes de encostas de morros, um visual bem legal. Ao final da estrada de terra (que estava em ótimas condições depois do subidão) ainda havia uma rodovia com asfalto bom e boas curvinhas (além dos visuais) que finalmente terminava na estrada que liga Lindóia a Socorro (SP-147, Rod. Octavio de Oliveira Santos).

Em Socorro resolvi subir no monumento do Cristo da própria cidade – logo, fui de “Cristo a Cristo”.

Veja o video, fotos e roteiros abaixo:

Roteiro no Google Maps.

Fotos: